Home / Eventos / Campus Party / Campus Party: O que é ser um campuseiro?

Campus Party: O que é ser um campuseiro?

Desde que voltei da Campus Party 9, muitas pessoas tem me perguntado como foi, o que é, como acampar, o que se faz lá, etc. Sempre que respondo tenho a sensação de que a pessoa agora tem a certeza que eu não passo de uma pessoa nerd, louca e desocupada que ficou “brincando” com mais 7.999 amiguinhos igualmente desocupados no Anhembi.

Se você já passou por essa situação ou se você é a pessoa que acha que só tem nerds retardados na Campus Party, esse post é pra você!

DSC_0287

1 – O que é a Campus Party?

Uma definição sucinta da Campus Party pode ser encontrada na Wikipedia:

Campus Party Brasil é o principal acontecimento tecnológico realizado atualmente no Brasil. Nele são tratados os mais diversos temas relacionados à Internet, reunindo um grande número de comunidades e usuários da rede mundial de computadores envolvidos com tecnologia e cultura digital.

Ou seja, é um evento que abrange várias áreas de conhecimento. Em uma Campus Party é possível conferir inovações tecnológicas de irão transformar os principais setores econômicos nas próximas décadas, tais como mercado de trabalho, cidades, sociedade, educação e economia. Há muitas atividades das quais um campuseiro pode participar dentre elas:

  • Palestras com convidados ilustres nos palcos divididos por temas:

12661863_10207996652417202_2233613871673446153_n-700x394

  • Ciência (astronomia, eletrônica, robótica)
  • Criatividade (social media, design, fotografia)
  • Inovação (desenvolvimento, segurança e redes, software livre)
  • Entretenimento (games, simulação).

 

  • Computadores irados (Casemod)

size_810_16_9_casemod-de-r2-d2-na-campus-party-9

  • Camping 

DSC_0286

  • Oficinas práticas
  • Debates
  • Campeonatos de games
  • Internet ultra rápida
  • Garotas bonitas distribuidoras de panfletos
  • E o diferencial: MUITA ZUEIRA DURANTE AS MADRUGADAS!

cp6-1085x435

 

2 – Quem frequenta a Campus Party?

Desde bebês até idosos. Já vi todas as faixas etárias participando da Campus Party. A grande maioria dos participantes é composta por jovens de 18 a 30 anos. Eu diria que é um evento para simplesmente quem gosta de tecnologia, quer ir e pode pagar!

rafael-nassari-controla-robo-por-controle-remoto-feito-por-seu-pai-1391104001547_600x500

3 – O que eu faria indo a um evento desse?

Acredito que cada pessoa tem uma experiência totalmente diferente da outra. Há muitas atividades ocorrendo em paralelo e é (infelizmente) humanamente impossível estar presente em todas.

Suas escolhes dependem das suas intenções para aproveitar esses 5 dias:

  • Se sua intenção for de ir para aproveitar a internet ultra rápida para jogar com seus amigos como se fosse uma grande Lan House, você poderá upar muitos levels, elos ou continuar sendo bronze, lol. #viradoateganhar Há vários torneios entre os campuseiros de diversos jogos, sendo novos ou antigos. Just Dance reina nas madrugadas!;
  • Se você quer mostrar seu talento em casemod e levar seu computador turbinado, trocar experiencias e aprendizado com outros campuseiros;
  • Se você quer aprender algo novo, você pode assistir a diversas palestras. Você só tem que escolher a quais você quer assistir e montar sua agenda. Há muitas palestras super interessantes e várias oficinas para você colocar a mão na massa e aprender muito;
  • Você pode aproveitar oportunidade de estar em um local que tem 8mil pessoas que se interessam por tecnologia e apresentar seu projeto e startup com apoio do SEBRAE e de algum investidor que possivelmente assistirá sua demonstração;
  • Se você quer aproveitar as promoções e brindes dos patrocinadores, é só acompanhar a hashtag da campus party pelo Twitter, #cpbr9 por exemplo, e sair correndo para participar de gincanas culturais, sorteios, etc.
  • Se você tem um hobby ou faz alguma coisa legal e quer compartilhar, você pode criar uma oficina e ensinar a outras pessoas.
  • Se você quer ficar de boa no facebook, whatsapp, deveria ter ficado em casa pq sairia mais barato, você também pode!
  • E claro: você pode fazer todas sugestões anteriores!

4 – Qual a sensação de ser um campuseiro?

DSC_0266

Uma das alegrias em ser campuseira é poder conhecer pessoas de várias localidades do Brasil e do mundo, socializar e reencontrar amigos que só em eventos dessa magnitude poderiam proporcionar. É saber que você está no lugar onde você pode ter a maior experiência tecnológica do mundo e vivenciar isso noite e dia; é a possibilidade de você poder acompanhar o que tem de mais novo nas tecnologias, trás a sensação de estar realmente vivenciando o futuro.

Pra finalizar, como eu já disse, cada pessoa tem uma visão do evento totalmente diferente da outra como campuseiro, basta você mesmo saber depois dessas dicas como você vai aproveitar e viver sua experiência.

É isso ai pessoal!

Vida longa e próspera a todos vocês!

 

Sobre Aline

Garota de Programação, apreciadora de uma boa treta e viciada em LoL. Ama a internet e sua capacidade de reinventar a zuera a cada dia. Fã da cultura pop em geral e ainda está a espera da carta de Hogwarts.

Veja também

Campus, batatas e bancos de dados

Como já ficou claro, essa semana passada foi a semana da Campus Party, evento de …