Home / Eventos / Campus Party / Campus Party 9 – Dia 1

Campus Party 9 – Dia 1

Bom dia, boa tarde e boa noite, caros colegas do Panga.

Como que vocês estão? Tudo sussa? Tudo de boa?

Então. Como vocês já estão claramente cientes, neste momento supra importante da história da humanidade e (voz de presidente desmindinhado)na história deste país (/voz de presidente) está acontecendo a Campus Party 9 (ou 2016, caso você goste de números grandes).

E qual é a deste evento?

A Campus Party, na real, é um aglomerado de Nerds e de pessoas com muito (ou muito pouco) tempo em mãos que querem mudar o mundo… ou usufruir de uma conexão com a internet absurdamente interessante.

Porque, por algum motivo, me parece que ter uma conexão com a internet absurdamente rápida (neste ano a conexão foi de, inexoráveis e quase inacreditáveis 40Gbps) faz com que o aproveitamento de formas de lazer facilmente executáveis em casa se torna algo diferencial e interessantíssimo (ou não, a pessoa simplesmente quer baixar toda a pornografia atualizar todos os seus sistemas e ferramentas, quem somos nós para crucificar).

Mas este não é o ideal da feira.

Na verdade. Não há um ideal na feira.

O ideal vem de cada pessoa.
Porque o ideal É a pessoa.
(/momento filosófico)

Pensando

[Pensamento Intensifica]

Mas, sério, o evento não é sobre o que o evento é, mas sobre como que pessoas interagem e como que pessoas podem se ajuntar para se ajudar e para conseguir implementar coisas incríveis e produzirem coisas legais. Tanto isso que o evento vem, cada ano mais, se demonstrando como um local interessante para pessoas de diversas áreas do conhecimento para interagirem e para conseguirem algo.

Tendo isto em mente, lembre-se que, não raramente, Nerds e Geeks não tem muita vida social, então, entre outras coisas o evento é uma grande batalha de egos “importantes”…

“Aiin, este lugar é MEU, porque meu computador é melhor que o seu!….”

Ou

“Aiiiinnn, páára, você está neste lugar RESERVADO para o time de críquete online competitivo sub-equatorial setentrional da África subsaariana Locada no Espírito Santo, você não consegue ver esta mancha de café na mesa? Este é o nosso logo!”

E outras coisas mais.
(queria estar zoando, mas é um fato)

Chato
Chato
Esse Cara
Esse cara…
Não seja este cara
Não seja este cara

De qualquer forma, o evento, este ano, foi especialmente interessante para pessoas que produzem matérias e para pessoas que gostam de lidar com empreendedorismo e inovação tecnológica. E, mais especificamente, para pessoas que gostam de refletir sobre o futuro. E isto se tornou claro bem no inicio da feira, com a apresentação/palestra com o “host” do evento Paco.

“Feel the future”

Sabe o que me deixou impressionado com esta primeira apresentação?

Em verdade, muitas coisas, entre a introdução pelo admirado Jovem Nerd, à apresentação dos apoiadores do evento e, não menos importante, a excentricidade que todos os que discursavam demonstraram durante aquele tempo.

Mas, principalmente, o quanto que esta apresentação inicial demonstrou o que era o ideal da feira, que é causar impacto em pessoas e fazê-las refletir sobre o futuro.

Por exemplo:

E se todo o nosso conceito atual de sociedade e de forma de vida se mostrasse em colapso e irremediavelmente decadente?

E se todo o nosso modelo de rotina, de dia-a-dia fosse questionado e derrubado?

E se, num futuro não tão distante, todos fossem obrigados a parar de trabalhar?

Essas e outras coisas mais.

Bom, por tempo vou parando aqui. Continuar vivendo a feira e tal.

Lhes vejo em breve!

Sobre ToshiOhMy

Tecnólogo, tecnofílico, excêntrico pobretão que curte umas cultura diferentes. Escreve sobre cultura pop, cultura unpop, jogos e contos.

Veja também

Começou a Campus Party 9!

A Campus Party Brasil 2016 já começou! O que é? É o maior evento de …